Primavera Chuvosa

Eu me sinto totalmente inútil na chuva, poxa primavera o que aconteceu com você?
O dia ta cinza e triste, ainda mais pq hoje minha rotina foi tão diferente. Acordei, olhei no relógio e já levantei desesperada achando que eu estava atrasada para o trabalho, ops… eu não tenho mais trabalho! haha
Esses dias de “férias” vou ter tempo de cozinhar ouvindo uma boa música, de comer bem e quero muito parar com a carne vermelha, por um tempo! Pq infelizmente não resisto a um churrasco.
Sabe quando você ta afim de desintoxicar? Quando você tem tempo de cuidar de si mesma as coisas fluem melhor na vida.
Acho que 2014 chegou mais cedo para mim, ta tudo tão diferente que parece um novo ano. Só sei que não vejo a hora de estar no apartamento novo, com energias novas e um novo lugar para se inspirar.

Até lá a primavera vai ser mais florida, eu espero.

IMG_5730

IMG_5726

IMG_5732

IMG_5796

IMG_5735

O começo e o fim

Foi no verão MTV do Rio de janeiro a primeira vez que falei com ele. Eu estava na piscina quando vi ele chegando, e nossa…Sabe quando o coração já bate mais forte?
Ele me ligava pedindo os créditos dos figurinos, alguma vezes íamos gravar e beber juntos e eu nunca poderia imaginar que um dia eu ficaria com ele. Não foi no Rio de Janeiro o nosso primeiro beijo, foi meses depois, mas eu tenho um carinho especial por aquele verão.

Ontem foi o último programa ao vivo da MTV Brasil, foi o último programa ali naquele prédio da Alfonso Bovero. Só quem viveu sabe o que era trabalhar naquele lugar.
Em 2009 cheguei com poucos amigos e solteira na MTV, em 2013 saio casada e com tantos amigos pelo resto da vida.

Valeu, MTV!

foto 4-5

Nós e o trampolim

0812 CPak Submission V2R2

Coração se meter em uma furada? Acontece. Acontece com quem se joga, com quem vive. Acredito que nossa vida é um eterno trampolim e se quiser ver e viver o que tem lá embaixo, tem que se jogar. Nada é retilíneo o suficiente pra que tudo seja calmaria. Isso não é viver, é fuga. E um dia eu me joguei numa piscina cheia de uma água que tinha como seu principal componente as emoções. Nadei por um bom tempo muito bem acompanhada, uma braçada minha, uma do outro. Mas entre uma raia e outra eu me vi nadando sozinha e percebi que a hora de levantar a cabeça da água, respirar e procurar a saída tinha chegado. Sair de uma piscina nunca foi tão triste, doído, demorado, confuso, mais doído, muito doído.. mas (tem sido) renovador.
Um dia, me enxugando de tudo aquilo que ainda havia, mas levando muita coisa em mim mesmo assim, coisas que mudam depois que você passa por uma piscina e sai dela, como por exemplo um infinito questionamento sobre pessoas, amor e muitas dúvidas, eu encontrei o Dele e Dela. E algumas dúvidas desapareceram. O questionamento sobre as pessoas, se tornou “não adianta escapar, você vai se apaixonar de novo, por uma pessoa cheia de questionamentos, também”

Laura Miranda.

alone21

Eu entro no e-mail do Dele e Dela e me deparo com isso, que coisa mais linda de se ler! Muito bom saber que de alguma forma a gente transmite coisas boas.
Se quiser mandar e-mail pra gente com alguma história, contos ou um simples “Olá”! deleedela.contato@gmail.com

enjoy-every-moment