A evolução do relacionamento (ou uma análise minha sobre o que é viver ao lado de alguém)‏

7c93a913e758f76e5e3e9cb73c4d47e6

Eu costumo dizer que a nossa geração (minha e da Isa) é a mais privilegiada. Nascemos e fomos criados na era pré internet, então conseguimos aproveitar aquela fase boa da infância, com toda a tranquilidade e visão reservada que podíamos ter.
Já a nossa adolescência foi junto com o furor da internet e com todas as novidades que ela trouxe. Junto com ela, aconteceu a abertura das portas para ver o mundo.
Falando nisso: Nossa, como o mundo é diferente daquilo que a gente viveu quando crianças, né?! Ele é muito mais interessante, evoluído e plural do que estávamos acostumados.
Hoje em dia eu consigo ver claramente como lá atrás, naquela época de infância, nossa visão do relacionamento entre homem e mulher era muito primitivo, acabava se resumindo àquela evolução monótona do “conhecer alguém – apresentar aos pais – noivado – casamento – filhos – netos e ponto final” Tudo parecia padronizado, sem reviravoltas e sem escapatória.
Essa foi a época em que eu tinha certeza que nunca teria um relacionamento duradouro com ninguém.
Bom, de agora em diante nesse texto, estou me sentindo muito velho muito mais intelectualizado do que o costume. Me desculpem, mas vamos lá…
Acho que a popularização do divórcio foi o grande divisor de águas e a grande alavanca para o relacionamento.
Na minha época de infância parece que só existiam casais tradicionais, estabelecidos e monótonos. Não sei se foi apenas coincidência, mas foi bem na época do boom da internet que eu comecei a ver todo esse cenário mudar. Eu lia colunas, assistia matérias e via depoimento de pessoas que simplesmente não estavam felizes no seu relacionamento. Elas se divorciavam e seguiam com a vida atrás de uma realização pessoal, junto a uma outra pessoa, ou não.
A partir disso parece que o relacionamento entre o homem e a mulher passou a ser, de fato, uma escolha e não apenas o desenrolar natural da vida. E, olha só, foi aí também que ficou explicito para o mundo que o relacionamento não precisava ser só entre o homem e a mulher, não era o homem saindo para trabalhar e a mulher cuidando da casa, um casal não precisava necessariamente ter filhos e etc. Não existe um padrão quando se trata da relação entre duas pessoas.
Foi aí que eu comecei a cogitar a possibilidade de viver um relacionamento.
Corta aqui pra mim, com meus 25 anos, namorando a 4 e morando com a Isa. Um relacionamento que me satisfaz completamente e que não tem nada a ver com aquela ideia minha de criança, ele é dinâmico, cheio de novidades e sem nenhum tipo de rotina. Olha só, eu nunca cheguei e pedi a Isa em namoro, não somos casados mas moramos juntos.
Isso é exatamente o contrario do que eu tinha como modelo de relacionamento, mas é tudo que eu sempre quis.
Essa é a minha visão da evolução do relacionamento nessas poucas décadas que eu vivi. Será que já pensaram e escreveram sobre isso décadas atrás? Será que meus filhos também vão ver alguma mudança no relacionamento entre casais? Será que minha visão ainda tem o que mudar nas próximas décadas?
Bom, isso só o tempo vai dizer, mas o que eu tenho a dizer agora é que esse é o melhor momento, acho que continuamos vivendo na geração mais privilegiada de todas 😀

Rolê Dele e Dela – Ep. 05 (Metrô + Comida Mexicana) OU um restaurante por semana 19/52

Hoje é segunda-feira, dia de vídeo novo no nosso canal!! E no episódio de hoje resolvemos fazer a série “Um Restaurante por Semana” versão vídeo.

Não se esqueça de curtir e comentar dizendo o que achou. Devemos mostrar mais restaurantes em vídeo?

Agora é só dar o play!:)

Mixtape Dele e Dela Vol. 27 – Para curtir de conchinha

Eu sofro demais com esse frio, muito mais do que o Fê! Nesse clima só da vontade de ficar em casa, debaixo do cobertor (de preferência com a Porpeta junto) curtindo uma música boa e estendendo o máximo possível a hora de levantar para fazer qualquer coisa.
Por mais específico que seja, eu acho que esse é o clima exato dessa mixtape que preparamos hoje. Então pega o cobertor e dá o play clicando aqui!

b3ef2ed85e1de439dfe90ea0b4ec9fa7

*Ouça com alguém que você goste

1- Brett Dennen – Wild Child
2- Eddie Vedder – Hard Sun
3- The Weight – The Band
4- Spoon – Don’t You Evah
5- Eric Clapton- Cocaine
6- Hozier – From Eden
7- The Staves – Mexico
8- The Avett Brothers – Morning Song